Este Projeto precisa de Patrocinador!

Em Construção

Tratamento Serpentes LACHESIS:

Sintomatologia local:

As manifestações clínicas são semelhantes às do envenenamento botrópico. Nesse sentido, os doentes picados por essas serpentes costumam apresentar, momentos após, intensa sintomatologia no local da picada. A dor, o edema, o calor e o rubor são semelhantes ao do acidente botrópico, podendo ser confundido com este. O tempo de coagulação pode alterar-se, contribuindo para as hemorragias sistêmicas muitas vezes observadas. Além disso, o doente pode apresentar sintomas de excitação vagal, tais como bradicardia, diarréia, hipotensão arterial e choque. As complicações observadas neste tipo de acidente são as mesmas do acidente botrópico.

Estas serpentes inoculam grande quantidade de veneno; por isso preconiza-se o uso de 10 a 20 ampolas de soro antilaquético ou antibotrópico-laquético, pela via endovenosa. O tratamento complementar e os cuidados que devem ser tomados são os mesmos da terapia antibotrópica.

Acidentes laquético e elapídico:
orientação para o tratamento específico
TIPO DE ACIDENTE ORIENTAÇÃO PARA O TRATAMENTO SOROTERAPIA EM AMPOLAS VIA DE ADMINISTRAÇÃO
DO SORO
Laquético

Poucos casos estudados. Gravidade avaliada pelos sinais locais e intensidade das manifestações vagais. (bradicardia, hipotensão arterial, diarréia)

10 a 20 (*) Intravenosa (IV)
Elapídico

Acidentes raros. Pelo risco de insuficiência respiratória aguda devem ser considerados graves

10 (**) Intravenosa (IV)

(*) SAL = soro antilaquético ou SABL = soro antibotrópico-laquético

(**) Uma ampola de soro (10 ml) neutraliza 15 mg de veneno referência (Micrurus frontalis)

 

Acidente Laquético

Top

Introdução

Existem poucos casos relatados na literatura. Por se tratar de serpentes encontradas em áreas florestais, onde a densidade populacional é baixa e o sistema de notificação não é tão eficiente, as informações disponíveis sobre esses acidentes são escassas. Estudos preliminares realizados com imunodiagnóstico (ELISA) sugerem que os acidentes por Lachesis são raros, mesmo na região Amazônica.

Ações do veneno

Ação proteolítica

Os mecanismos que produzem lesão tecidual provavelmente são os mesmos do veneno botrópico, uma vez que a atividade proteolítica pode ser comprovada in vitro pela presença de proteases.

Ação coagulante

Foi obtida a caracterização parcial de uma fração do veneno com atividade tipo trombina.

Ação hemorrágica

Trabalhos experimentais demonstraram intensa atividade hemorrágica do veneno de Lachesis muta, relacionada à presença de hemorraginas.

Ação neurotóxica

É descrita uma ação do tipo estimulação vagal, porém ainda não foi caracterizada a fração específica responsável por essa atividade.

Quadro clínico

Manifestações locais

São semelhantes às descritas no acidente botrópico, predominando a dor e edema, que podem progredir para todo o membro. Podem surgir vesículas e bolhas de conteúdo seroso ou sero-hemorrágico nas primeiras horas após o acidente (fig. 25).
As manifestações hemorrágicas limitam-se ao local da picada na maioria dos casos. Fig. 25. Acidente laquético: edema, equimose e necrose cutânea (Foto: J. S. Haad).

Manifestações sistêmicas

São relatados hipotensão arterial, tonturas, escurecimento da visão, bradicardia, cólicas abdominais e diarréia (síndrome vagal). Os acidentes laquéticos são classificados como moderados e graves. Por serem serpentes de grande porte, considera-se que a quantidade de veneno por elas injetada é potencialmente muito grande. A gravidade é avaliada segundo os sinais locais e pela intensidade das manifestações sistêmicas.

Complicações

As complicações locais descritas no acidente botrópico (síndrome compartimental, necrose, infecção secundária, abscesso, déficit funcional) também podem estar presentes no acidente laquético.

Exames complementares

 

Diagnóstico diferencial

Os acidentes botrópicos e laquéticos são muito semelhantes do ponto de vista clínico, sendo, na maioria das vezes, difícil o diagnóstico diferencial. As manifestações da síndrome vagal poderiam auxiliar na distinção entre o acidente laquético e o botrópico.
Estudos preliminares, empregando imunodiagnóstico (ELISA), têm demonstrado que a maioria dos acidentes referidos pelos pacientes como causados por Lachesis é do gênero botrópico.

Tratamento

Top

Organograma tratamento acidentes ofídicos

organograma

 

Tratamento específico

O soro antilaquético (SAL), ou antibotrópico-laquético (SABL) deve ser utilizado por via intravenosa (quadro abaixo). Nos casos de acidente laquético comprovado e na falta dos soros específicos, o tratamento deve ser realizado com soro antibotrópico, apesar deste não neutralizar de maneira eficaz a ação coagulante do veneno laquético.

Tratamento geral

Devem ser tomadas as mesmas medidas indicadas para o acidente botrópico.

Acidente laquético - Tratamento específico indicado
Orientação para o tratamento Soroterapia (nº de ampolas) Via de administração

Poucos casos estudados. Gravidade avaliada pelos sinais locais e intensidade das manifestações vagais (bradicardia, hipotensão arterial, diarréia)

10 a 20 SAL ou SABL*

intravenosa

* SAL - Soro antilaquético / SABL = Soro antibotrópico-laquético.

 

Top

Nomes populares da Lachesis muta na America do Sul

Bushmaster, Mapepire Zannana, Abaacua, A'tami, Boba, Bosmeester, Cascabel Pua, Concha Pina, Couanacouche, Cresta del Gallo, Cuaima, Cuaima Concha de Pina, Cuaima Gallo, Culebra Sibucano, Daya, Diamante, Guacama, Guayma, Juba-vitu, Kapasisneki, Macagua, Macaurel, Maitre de la Brousse, Makasneki, Makkaslang, Mapana Rayo, Mapanare, Mapanare Verrugosa, Mapepire Galle, Mapepire Z'ananna, Mapepire Zanana, Martiguaja, Matabuey, Mazacuata, Montuno, Pararaipu, Pineapple Mapepire, Pucarara, Pudridora, Rieca, Shuchupe, Shushupe, Sungusero, Surucucu, Surucucu de Fogo, Surucucu Pico de Jaca, Surucucutinga, Surucutinga, Toboa Real, Verrugosa, Verrugosa del Choco

Ministério da Saúde — Acidentes com Animais Peçonhentos - Medidas de Prevenção

http://www.saude.rj.gov.br/animaispeconhentos/acidentesofidicos

Relação de hospitais de referência em todo o país para Soroterapia / locais de aplicação de antivenenos

 


Este Projeto está sendo feito por:

Baner Photoindustrial

 

Baner ApoioCultural

 

Baner Designdeimagem

banner_header

PUBLICIDADE

Sua empresa ou produto nesta coluna

BANER

250x125pixels

BANER

250x250pixels

BANER

250x400pixels

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

UNDER CONSTRUCTION

PROTÓTIPO

LAY OUT ONLY